Mas afinal, o que as empresas querem?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Mas afinal o que as empresas querem?

Veja como fugir do senso comum, entender os Processos Seletivos e ser um candidato cobiçado pelo Mercado de Trabalho.

Neste Artigo você vai aprender:

1) Como funciona a necessidade das empresas para contratar colaboradores.
2) Como o seu cargo é enxergado dentro de uma organização.
3) O que você deve fazer para se destacar profissionalmente

Aviso: Para que você possa aproveitar ao máximo este artigo, esqueça tudo o que você sabe até o momento sobre Entrevistas de Emprego.

Então vamos lá!

Você se lembra da última vez que você estava procurando por um emprego? (Talvez, você esteja procurando um agora mesmo.)

O que você pensou enquanto estava procurando?

Em quanto seria a Remuneração e os Benefícios que iria ganhar? Em qual cargo iria ocupar? O que eu devo falar para ser aprovado?

São perguntas excelentes de serem feitas. Mas sendo bem sincero com você, todas elas fazem parte do senso comum. Nada contra isto, mas este é um nível de pensamento um pouco superficial.

Atuar nesta esfera de pensamento pode até ajudar você, mas não é o suficiente para te tornar um candidato diferenciado e fazer com que você seja aprovado para as melhores vagas de emprego e ter sucesso profissional.

Para que você possa entender como se tornar um candidato diferenciado, vamos mergulhar em um nível mais profundo de pensamento.

Esqueça frases clichês como:
. “Você precisa vestir a camisa da empresa”,
. “Você precisa ser um Talento”,
. “Você precisa ter Alta Performance”

Embora sejam boas frases motivacionais, elas não possuem força se não forem aplicadas no contexto correto. Inclusive, ouvir estas frases não é o suficiente para transformar a mentalidade de um colaborador ou futuro colaborador.

Para muitas pessoas, estas acabam sendo frases vazias e com fator motivacional temporário.

“Pronto, eu vesti a camisa da empresa! E agora, o que eu faço?”

Como funciona a necessidade das empresas para contratar colaboradores?

“Uma empresa não se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz; ela se define pela sua missão. Somente uma definição clara da missão é razão de existir da organização e torna possíveis, claros e realistas os objetivos da empresa." Peter Drucker

Para entender esta necessidade, gostaria de apresentar a missão de algumas empresas para você:

FACEBOOK
Conectar todas as pessoas
GOOGLE
Organizar as informações do mundo todo e torná-las acessíveis e úteis em caráter universal.
KIMBERLY-CLARK
Higiene e saúde de forma sustentável.
LABORATÓRIO SABIN
Oferecer serviços de excelência em medicina diagnóstica e preventiva.
NESTLÉ
Missão: é oferecer ao consumidor brasileiro produtos reconhecidamente líderes em qualidade e valor nutricional, que contribuam para uma alimentação equilibrada.

CENTRAL GLOBO DE TELEVISÃO
Missão: Contribuir para o progresso cultural, político, econômico e social do povo brasileiro, através da educação, da informação e do entretenimento.

Mesmo que isto não fique claro para a maioria das pessoas, a missão da empresa, somado com a cultura e a definição de uma descrição de função bem elaboradora, possuem grande influência sobre o perfil de colaboradores que serão contratados.
Em um aspecto macro, um mesmo candidato pode apresentar um bom desempenho, mesmo atuando em empresas com culturas e missões diferentes.

Mas somente em um aspecto micro, quando um candidato ou colaborador consegue descobrir e conectar o seu propósito de vida com o propósito da empresa, que o nível de excelência é alcançado.

Por isto, não se trata apenas de “vestir a camisa da empresa”, trata-se de descobrir o propósito da sua vida e se conectar com a missão e impacto que a empresa quer causar na sociedade e no mundo. Isto faz com que você desenvolva um novo nível de consciência sobre o seu trabalho e que sua dedicação,.

Todas as empresas, das mais simples possíveis até as de grande porte, possuem missão, metas, expectativas de crescimento, dentre outros fatores. E para que todos os processos sejam realizados, ter pessoas altamente comprometidas e com sensação de propósito realizado, são elementos fundamentais para tornar o “Sonho Grande” em realidade.
Não sei se você já se deu conta, mas algumas empresas inclusive, possuem mais tempo de existência do que milhões de pessoas possuem de vida. Alguns exemplos são:
. Wilson Sons (mais de 175 anos de existência)
. Nestlé (mais de 90 anos de existência)
. Ford (112 anos de existência)
O que você sente quando enxerga estes números?
Muitas empresas que existem impactam diretamente o nosso modo de viver.
Mas voltando para os Processos Seletivos, dentre as diferentes necessidades de contratar colaboradores, a principal esta embasada em fazer com que a missão da empresa continue acontecendo por mais e mais anos, e que a empresa alcance todos os seus objetivos. Isto se torna ainda mais forte, quando esta empresa possui investidores, que também possuem uma expectativa de retorno sobre o capital investido.
Neste aspecto, tanto a contratação quanto a redução de colaboradores, levam em consideração esses fatores. Inclusive, durante a minha trajetória profissional, acompanhei de perto algumas reduções que estavam ligadas diretamente ao alcance de algumas metas empresariais previamente definidas.
Seguindo este conceito, qual o colaborador que você imagina que permaneceria em uma empresa em caso de redução? E qual candidato você acredita que seria contratado para realizar as metas e missão de uma empresa?
Quanto maior o entendimento da cultura, missão e atuação de uma empresa, em coerência com o seu propósito de vida e as formações que você realiza, maiores serão as suas chances de realizar um trabalho onde você seja bem remunerado e com a sensação de satisfação.
Atuar neste novo nível de consciência, vai te colocar a frente de milhões de pessoas no Mercado de Trabalho. Acredite, ainda é extremamente baixo o número de pessoas que possuem este tipo de mentalidade.

Como o seu cargo é enxergado dentro de uma organização.

Tendo em mente que você é um componente que vai ajudar a empresa a realizar um propósito,e que muitas empresas querem levar sua atuação durante anos e anos, a forma como o seu cargo será enxergado, pode ser considerada de alto grau de relevância ou baixo grau de relevância, dependendo do nível de contribuição que exerce para que esta empresa continue crescendo.
Dessa forma, tradicionalmente falando, um CEO (presidente), possui mais responsabilidades que um colaborador operacional.
Apesar disso, todas as vezes que uma vaga é solicitada, existe todo um planejamento envolvido e existe uma expectativa muito grande para que o novo colaborador possa alcançar as metas que a empresa possui.
No caso de uma vaga de substituição, além da responsabilidade de apresentar um bom trabalho, existe o desafio de ter um desempenho superior ao antigo ocupante da vaga.

No caso de uma nova vaga ou expansão, existe a responsabilidade e o desafio de fazer a empresa alcançar novos níveis, através desta expansão.

Independente do cenário, você tem sempre a oportunidade de fazer com que seu trabalho seja enxergado separadamente do cargo que você possui.
Algumas pessoas possuem uma atuação profissional que superam em muito o cargo que ocupam e quase com frequência são reconhecidos por isto.
Use seu cargo para fazer com que a missão da empresa se torne real.

O que você deve fazer para se destacar profissionalmente?

Em minha atuação com Recrutamento & Seleção, eu entrevistei aproximadamente 10 mil profissionais para diferentes cargos. E percebi algo muito interessante:

Algumas pessoas são bem criteriosas para escolher a pessoa com a qual gostariam de namorar, as roupas que gostariam de comprar, o carro que gostariam de ter, mas na hora de procurar um emprego, acabam dizendo: “Eu quero trabalhar com qualquer coisa” ou até mesmo “Eu quero trabalhar em uma empresa que pague bem!”

É exatamente esta falta de clareza e congruência com a carreira profissional e a missão da empresa, que acabam trazendo infelicidade profissional, incompatibilidade com a cultura, escolhas erradas na hora de se capacitar e até mesmo reprovações em Entrevistas de Emprego.

Então basicamente, o que você precisa fazer para se destacar profissionalmente é ter um propósito bem claro e definido e seguir isto com toda sua energia.

Quando você fizer isto, seu trabalho será extremamente prazeroso, mesmo que com alto nível de pressão e cobranças, e você irá ser um destaque natural realizando o seu trabalho.

Tudo isto faz sentido para você? Como você se sente agora, para encarar os Processos Seletivos e conseguir o emprego que você deseja?

Aproveite, compartilhe este artigo e faça comentários, dizendo o que você achou!

Um Grande Abraço,

Daniel Evangelista

Psicólogo, Coach de Carreira, Especialista em Recrutamento & Seleção.

Sobre consigaseuemprego

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.